Há muito que o vereador Davi Salomão vem somente criticando todas as ações do atual governo municipal e calando sempre, igual fez no governo passado, quando melhorias são acrescentadas ao bom viver da população. Pior, tem tempo de sobra para achar defeito em tudo, mas nesses quase quatro anos, só teve um projeto de lei aprovado e, diga-se, totalmente inócuo, pois seu projeto visa a arborização de praças, meio-fios e outros logradouros públicos, o que já vem sendo feito pelo atual governo.

Diante de mais essa fake news, a Prefeitura de Itaituba, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) emitiu uma Nota de Esclarecimento, comunicando que, sobre a denúncia do vereador Davi Salomão (PL) e Sindicato dos Professores- SINTEPP- sobre a suposta influência que um determinado vereador estaria tentando ter na entrega de cestas básicas da educação no interior do município.

Assim, a SEMED informa que ainda não realizou a entrega de nenhum kit alimentação em escolas no interior do município; a SEMED realizou a entrega do kit alimentação apenas em 7 escolas da cidade, seguindo o critério de alunos cadastrados no Programa Bolsa Família e em situação de vulnerabilidade econômica.

A entrega desses kits alimentação foram realizadas às famílias nas escolas onde o aluno está matriculado regularmente; o ato da entrega feita pelos gestores escolares e contou com o acompanhamento do setor de alimentação escolar, aberto também aos conselhos.

A SEMED solicita que o vereador Davi Salomão e o sindicato, autores da denúncia, deveriam levar as autoridades o nome do vereador que cometeu tal ato, fazendo assim o uso correto do seu poder fiscalizador, sem colocar em cheque o trabalho de tantos servidores públicos que tem ilibada conduta, em especial nesse momento delicado de pandemia, onde muitos tentam ajudar e muitos precisam ser ajudados. - ASCOM/ SEMED

Diante de tal nota, o Sindicato dos Servidores Públicos da Educação no Pará- SINTEPP, emitiu, também, uma nota (imagem ao lado) onde informa que tem total confiança no Secretário da SEMED, Amilton Pinho, e também nos servidores daquela secretaria, sendo que após tratativas, o Secretário tem honrado com sua palavra; o SINTEPP menciona, ainda, a importância dos diretores escolares nessa questão da distribuição do kit alimentação.

Ressalta o sindicato da educação, em sua nota, que em nenhum momento pediu a suspensão  da entrega do kit e que não compactua com "...politicagem barata e sem sentido."

O vereador em questão, e todos eles, deve pautar seu trabalho pela crítica, pela fiscalização e, também, pela produção de leis que beneficiem seus concidadãos, porque é muito fácil ganhar um altíssimo salário e nada produzir em prol da cidade.